Jobs

 Pós-verdade: qual é a influência dessa palavra na comunicação?

Essa palavra é considerada uma dos verbetes que podem definir o que é o “nosso tempo” e por isso ela tem influência na comunicação como um todo.

Por acaso você conhece a palavra “Pós-verdade”? Aposto que até o fim do ano passado você nunca tinha nem ouvido falar nem pensado na existência dela. Para quem não sabe, esse é um termo novo que foi escolhido como palavra do ano de 2016 pelo Dicionário Oxford e que, no fim das contas, tem impacto direto na comunicação, o que envolve também a publicidade.

“Pós-verdade” é um verbete que tem uma cara meio Mad Max, meio pós-apocalíptica, que significa “relativo a ou que denota circunstâncias nas quais fatos objetivos são menos influentes na formação da opinião pública do que apelos à emoção e à crença pessoal”.

Para entender melhor o que é a pós-verdade, pense nas inúmeras notícias falsas que rodam a internet e chegam ao seu WhatsApp. Usando um caso real, por um tempo circulou que seria cobrada uma taxa anual pela Carteira Nacional de Habilitação. Mesmo que o Ministério das Cidades/Denatran tenha desmentido isso, muita gente ainda achou que era verdade porque estava em um grupo do serviço de mensagens.
Essa situação é um exemplo da pós-verdade, quando uma opinião de uma pessoa, ou de um grupo, se sobrepõe aos fatos. 
Se você ainda não entendeu direto o que é isso, assista a este vídeo do Porta dos Fundo, que mostra uma situação que “é muito Black Mirror” e também “é muito pós-verdade”. 

Mas o que que a comunicação tem a ver com isso?

Você pode ter pensado logo de cara no jornalismo, que tem por excelência o dever de relatar os fatos sempre tentando ser o mais isento e imparcial possível. No cenário da pós-verdade, a credibilidade dos veículos jornalísticos está sendo colocada em xeque.

Mas não são só eles que são afetados por essa situação toda, a publicidade, o marketing digital e todas as outras áreas que estão nesse meio da comunicação também são afetadas por isso.

Ainda mais agora, que jornalismo, publicidade, marketing não estão mais presos às caixinhas de cada profissão, mas se misturam e se complementam. A responsabilidade de quem faz comunicação, tanto para empresas como para veículos, agora é maior.

Isso porque todas as empresas são (ou deveriam ser) empresas de mídia, criando e compartilhando conteúdos relevantes para seus públicos. É por isso que todas têm mais responsabilidade na produção de conteúdo e devem ser o mais éticas e transparentes possível. Esse é um passo para a credibilidade das marcas.

Já conhecia o termo “pós-verdade”? Conte para a gente como você acha que ela pode influenciar na comunicação.

Conteúdos relacionados

 
Moringa é prata em Inovação no Prêmio Colunistas 2017

Moringa é prata em Inovação no Prêmio Colunistas 2017

 
Desenvolvemos e lançamos o Portal da Mineração do IBRAM

Desenvolvemos e lançamos o Portal da Mineração do IBRAM

 
Transformamos foto em música no Dia dos Namorados do Conjunto Nacional

Transformamos foto em música no Dia dos Namorados do Conjunto Nacional